Arquivo

Posts Tagged ‘hospice’

Burst apart

maio 10, 2011 12:48 am Deixe um comentário

Quando fiquei sabendo do novo do The Antlers, imediatamente torci o nariz. Pra mim, o Hospice, terceiro álbum deles, mas o primeiro grande de fato, é insuperável: uma contemplação triste, pesarosa ao extremo — quase mórbida, é verdade –, mas que esconde uma delicadeza um tanto otimista em cada canção, como um pequeno alívio no meio de tanto sofrimento. Emocionalmente, tão exigente quanto qualquer coisa do Radiohead a partir do Ok computer — e, aliás, as duas bandas têm várias semelhanças em sonoridade e temática.

Neste Burst apart (4/5)– um disco que, na primeira audição, parece pobre se comparado ao Hospice –, Peter Silberman, frontman, parece ter aberto as janelas e resolvido tomar um pouco de ar: dá para notar que, apesar de ainda bastante coerente com o registro anterior, o trabalho dos Antlers ousa explorar outra atmosfera, uma menos exigente e talvez mais confortante. Mais otimista mesmo.

A coleção de canções é um encontro entre Kid a e In rainbows — com pequenas derivações da quimera chamada Amnesiac –, do Radiohead, mas com um vozerio bem diferente do de Thom Yorke. Nos melhores momentos, No widows (Nude + Give up the ghost, eu diria), Every night my teeth are falling out  e Parentheses, a influência do quinteto de Oxford é gritante. Em outros, percebe-se intimidade com coisas típicas do indie pop atual — etéreas e dançantes –, como em French exit (sobra de Forget, do Twin Shadow?).

Hospice ainda é obrigatório por aqui. Mas Burst apart é boa opção para dias menos acabrunhados.