Arquivo

Posts Tagged ‘a creature i don’t know’

A creature I don’t know

setembro 21, 2011 12:16 am Deixe um comentário

A mocinha inglesa acaba de lançar seu terceiro — e melhor — disco, A creature I don’t know (4/5). Bem diferente dos anteriores, Alas I cannot swim (2008) e I speak because I can (2010), o novo parece menos inocente, menos raivoso — sim, maduro é um clichê inevitável –, mas ainda guarda uma docilidade meio ferida, uma fragilidade meio espinhosa.

Laurinha tem 21 anos, mas antecipa a angústia, o desencanto dos 30. Aliás, 2011 tem sido um ano de discos de mocinhas oprimidas, ansiosas, nervosas, dilaceradas: St. Vincent e seu Strange mercy, Eleanor Friedberger/Last summer, Meg Baird/Seasons on earth. As vozes arranhadas, os medos particulares de Joan Baez (Girl of constant sorrow vem a calhar) e Joni Mitchell (Blue, sempre Blue) andam atormentando as indies por aí.

Anúncios

Teaser – A creature I don’t know

julho 12, 2011 2:09 am Deixe um comentário

A inglesa Laura Marling — que acompanho há alguns anos, sempre boquiaberto com a beleza frágil das suas canções — lança seu terceiro disco, A creature I don’t know, em 12 de setembro. E, veja você, semana passada chegou à minha mesa — na redação — o último dela, I speak because I can (4/5), que, por uma desatenção imperdoável, deixei de ouvir na época do lançamento, no ano passado.

Ouvi e ouvi de novo, com breves suspiros no intervalo entre as canções: um álbum cravado de missivas sobre memórias sufocadas (e enfim colocadas no papel), certamente superior à estreia, Alas I cannot swim. Então, aí vai um teaserzinho (a redundância de “teaserzinho” foi intencional) da novidade. Depois, tem a loirinha encantando no Glastonbury deste ano.