Início > Cinema > Bullhead

Bullhead

fevereiro 24, 2012 11:19 am Deixe um comentário Go to comments

Deixei Bullhead (2.5/5, 54/100) com sensações ambíguas. Acho que não gostei do filme — de todo o filme –, o candidato belga ao Oscar, e tenho certeza de que gostei muito da atuação (ou da presença) bestial de Matthias Schoenaerts. Num misto de Os bons companheiros com um clímax à Gaspar Noé — mas sem os planos espiralados e outros excessos; quer dizer, não sobra quase nada, mas alguma atmosfera permanece –, o filme, lentamente, é tomado por um personagem que é mais boi que humano. Elaboro.

Jacky (Schoenaerts) cresceu num ambiente rural de brutos. Envolvido no negócio de mafiosos de hormônios — a primeira metade –, o protagonista, após o nebuloso assassinato de um federal, cai numa inadiável retrospectiva de dolorosas lembranças — a segunda metade. Os dois segmentos não funcionam tão bem quanto deveriam — o suspense é empolado e o suposto exame de personagem parece deslumbrado demais com as limitações de Jacky; há boas cenas, mas o diretor, Michael R. Roskam, não procura um conflito, mas simples (e estetizados) flagrantes.

Ele não fala, mas murmura. Quando está sozinho, injeta um coquetel de substâncias no sangue, toma alguns comprimidos: foi cobaia na infância e, décadas depois, é cobaia de si mesmo. De pé, rosto e tronco inchados, esmurra o ar com movimentos vacilantes, pesados. Não dá nem para dizer que Jacky é um Jake La Motta (Touro indomável) ou um The Ram (O lutador); isto é, digno de redenção. A vocação do Cabeça de Touro também é a tragédia pessoal, o flagelo da autodestruição. Mas ele não parece estar nem um pouco angustiado. Resignado, talvez. Como um animal anônimo destinado ao matadouro.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: