Início > Cinema > The two Escobars

The two Escobars

Bem legal esse documentário esportivo/investigativo The two Escobars (3.5/5), que vi na sessão de cinema (o 30 for 30 que, por burrice dos programadores, interrompe a sessão com intervalos comerciais) da Espn. O filme, mostrado em Cannes em 2010, conecta as vidas trágicas de Pablo Escobar, o poderoso rei do crime na Colômbia, e Andrés Escobar, o excelente zagueiro do Atlético Nacional, campeão da Libertadores e titular da seleção colombiana.

Apesar de equivocadamente emotivo em algumas passagens — a direção dos irmãos Zimbalist é passional e, às vezes, parece perder a pegada jornalística, como se conduzida por um antigo fã do jogador (ou mesmo do traficante) –, este doc cumpre a sua “missão”: resgata a história desses homens de personalidades tão distintas — um é solidário, atleta sensível às dificuldades sociais do seu país, o outro, um violento posando de revolucionário — e, mais que uma cinebiografia ambígua, é um comentário preciso — necessário, até — sobre os bastidores do esporte.

Naquela brilhante Colômbia do início dos anos 1990 — que tinha Asprilla, ídolo do meu Palmeiras do fim daquela década –, Andrés reinava como figura de liderança, tranquilidade e segurança defensiva. Mas, fora das quatro linhas, o domínio das coisas — dos negócios do futebol, principalmente — estava nas mãos de gente da pior estirpe. Aliás, ainda está: na Colômbia, no Brasil e na Fifa.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: