Início > Música > Helplessness blues

Helplessness blues

É, James Blake… Pensei que a estreia do inglês conseguiria sustentar a liderança na minha listinha de melhores do ano. Mas daí vem o Fleet Foxes com esse lindo — poderia pegar o Caldas Aulete ali no quarto para obter outros adjetivos, mas só penso em lindo — Helplessness blues. Melhor que o debut. Estou escutando sem parar.

De ontem para hoje, dormi vendo Fringe — mesmo adorando a terceira temporada, sem ironia alguma –, acordei às 5h, sobressaltado, fui para o quarto e coloquei o fone de ouvido. É costume cair no sono lá pela terceira, quarta faixa. Mas, com o Helplessness, fui até o fim. Só então adormeci.

Não tem hits — Your protector, Blue ridge mountains, Tiger mountain peasant song, essas e outras delícias do Fleet foxes, felizmente, ficaram em 2008. Neste, as referências parecem menos intrusivas — apesar de eu ter notado muita coisa do primeiro do Crosby, Stills & Nash e do David Crosby, If I could only remember my name, um dos meus favoritos de todos os tempos.

Comprei de um amigo do jornal a estreia dos Foxes (por R$ 10; ele comprou dois exemplares por esse valor na Fnac, acredite). No encarte que envolve o CD, junto com um mini pôster bem legal, a banda lista suas influências — e, olha, é uma lista bem grande, com CSN, Dylan, Joni Mitchell, até Joanna Newsom e mais duas dezenas de nomes importantes do folk, do folk rock e de música erudita. No site do selo, Sub Pop, Robin, vocalista, confessa, num texto pessoal, em primeira pessoa, as influências para o Helplessness. Vale a pena conferir — até porque estou um pouco desatento, vendo Brasil x Argentina pelo sub-17 e sem muita vontade de escrever bobagens elogiosas aqui.

Pois bem, o novo não tem nada de grudento — e eu adoro o grude do primero, hein –, é menos ambicioso, menos alegre, mais meditativo, mais particular. Enfim, é daqueles que dá vontade amanhecer o dia escutando. Fiz isso hoje. E as primeiras horas do sábado nunca pareceram tão longas e quietas.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: